quoteiros
Eu era a soma de todos os erros: bebia, era preguiçoso, não tinha um deus, ideias, nem me preocupava com política. Eu estava ancorado no nada, uma espécie de não ser. E aceitava isso. Eu estava longe de ser uma pessoa interessante. Não queria ser uma pessoa interessante; dava muito trabalho. Eu queria mesmo era um espaço sossegado e obscuro para viver a minha solidão.
Charles Bukowski.  (via quoteiros)

Eu estou com medo. Confesso que estou com muito medo. Minha vontade real era de me trancar em meu quarto e ficar sentada no canto, até isso tudo passar de vez. Eu jurei ter superado o que houve, mas é incrível como relacionamentos passados podem te assombrar até quando você menos espera. E isso veio à tona agora: medo. Foi isso que restou da minha última experiência emmrelacionamentos. Não é mais a mágoa que tinha ficado, nem a raiva e muito menos tristeza. O que restou no final de tudo isso, todo o sofrimento, desespero e noites sem dormir foi o puro e simples medo. Medo de me relacionar de novo. De me machucar. De me envolver rápido demais.

Apesar de tudo o que eu aprendi e ganhei de experiência, creio agora que, com todo esse turbilhão de sentimentos que eu achei que nem existiam, ficou provado que o mais difícil de quando se sai de um relacionamento que te magoou muito é entrar em outro e não por ainda se sentir presa ao relacionamento passado e sim pelas feridas que ficam. Pelo medo de que tudo se repita. Tudo isso junta com aquele “medo” de agir de modo errado ou estar sendo muito chata e também o lado confiante de que agora as coisas darão certo e você sabe como agir.

Aí eu vejo aquela cena passar na minha cabeça novamente: tudo o que eu queria era me trancar em meu quarto, sentada em um canto, até tudo isso passar, se acalmar e eu ter força o suficiente pra lidar com o que tiver que lidar de cabeça erguida e sem medo de errar e não dar certo novamente. Porque sei que coisas ruins acintecerão eventualmente. Só gostaria de ir um pouco mais a fundo e ver o outro lado da moeda, tudo de bom que está por acontecer e ter confiança em mim mesma para lidar com tudo e todos.

Quanto tempo mais até isso acontecer? Espero que não muito.